http://dx.doi.org/10.5935/1676-2444.20180003
Jornal Brasileiro de Patologia e Medicina Laboratorial 21 - 27
 

Valores de referência do ácido úrico em crianças e adolescentes

Serum uric acid in children and adolescents

Nilton Rosini1; Heloísa P. Cunha2; Rodrigo D. Rosini1; Marcos José Machado1; Edson Luiz da Silva1

Resumo

INTRODUÇÃO: O ácido úrico (AUr) é um produto do catabolismo das purinas, e a hiperuricemia (hAUr) associa-se a fatores de risco para doenças cardiometabólicas. Objetivo: Avaliar a concentração de AUr em crianças e adolescentes.
MÉTODOS: Estudo transversal com 623 estudantes eutróficos (5 a 15 anos de idade; 9,9 ± 2,7 anos; 52% meninas). Foi coletado sangue (jejum 12-14 h) para análise de parâmetros laboratoriais e foram aferidas pressão arterial e medidas antropométricas. AUr foi estratificado segundo sexo e faixas etárias (5 a < 10, ≥ 10 a < 13 e ≥ 13 a 15 anos, masculino; 5 a < 9, ≥ 9 a < 12 e ≥ 12 a 15 anos, feminino) e foram calculados os percentis 2,5 (2,5th) e 97,5 (97,5th).
RESULTADOS: A média de AUr foi de 3,7 ± 1,03 mg/dl (meninos) e 3,58 ± 0,91 mg/dl (meninas) (p = 0,0113). Considerando as faixas etárias, a média de AUr foi crescente e superior nos meninos (p = 0,0024, para terceira faixa). Nas meninas, o AUr aumentou progressiva e significativamente nas faixas etárias (p ≤ 0,005). Segundo o 97,5th, houve diferença estatística somente na terceira faixa entre os sexos (p = 0,002). Nas comparações entre faixas etárias, o 97,5th do AUr também aumentou para meninos e meninas (p ≤ 0,05). Segundo o 97,5th, 26 estudantes apresentaram hAUR.
CONCLUSÃO: A estratificação por faixas etárias e sexo, além do 97,5th como limiar de concentração, foi importante para avaliação da concentração sérica do AUr em crianças e adolescentes.

 

 

GN1 Genesis Network - 2019 - gn1.com.br