http://dx.doi.org/10.5935/2177-1235.2019RBCP0143
Revista Brasileira de Cirurgia Plástica (RBCP) – Brazilian Journal of Plastic Sugery 264 - 267
 

Avaliação pré-operatória por imagem da hidradenite supurativa

Preoperative imaging assessment of hidradenitis suppurativa

ARTHUR ATAÍDE LOPES1,*; GABRIELA NASCIMENTO MORAES2; BRUNA MORENA MESSIAS DE LIMA DIAS2; GLEIM DIAS DE SOUZA1; LUCIANA QUEIROZ DE SOUZA1

Resumo

A hidradenite supurativa (HS) é uma doença inflamatória crônica da pele caracterizada por apresentar nodulações em níveis profundos da pele, dolorosas e com sinais flogísticos, inicialmente enrijecidas e que evoluem para consistência amolecida. Ocorre em 1 a 4% da população mundial. A sua etiologia ainda é pouco conhecida, sugere-se que aconteça devido à oclusão do ducto apócrino dos folículos pilosos por fatores precipitantes como fricção de tecido adiposo, higiene precária, entre outras. Seu diagnóstico é eminentemente clínico, pela identificação de lesões típicas recorrentes em forma de nodularidades, abcessos, tratos fistulosos ou cicatrizes. Não há testes patognomônicos. Sua evolução é variável e de difícil manejo, o qual pode ser feito com terapia tópica, sistêmica ou por exérese cirúrgica. Este trabalho revisa a avaliação por imagem da hidroadenite supurativa e demonstra imagens de um caso avaliado por ressonância magnética. A avaliação por exames de imagem, apesar de pouco específica para firmar diagnóstico, é muito útil na determinação da extensão da doença, assim como na exclusão de diagnósticos diferenciais, destacando-se o papel da ressonância magnética na avaliação das lesões anogenitais, com potencial de reduzir recorrências.

 

 

GN1 Genesis Network - 2019 - gn1.com.br